terça-feira, 4 de junho de 2013

AAAGP


HISTORIAL

Em Setembro de 2007 um grupo de amigos galegos e portugueses reuniram-se, por altura do certame OrosArtes, num café/restaurante em Oroso - Santiago de Compostela a fim de partilhar as suas vivências. Vínhamos de GoisArte e a sede de conhecer outros mundos era muita.
Entre os Amigos, havia artistas: pintores, fotógrafos, escultores, poetas, escritores e pessoas cujo seu único interesse era o amor pela arte.
Depois dessa reunião outras mais se seguiram e os laços de amizade, foram-se tornando mais sólidos entre os artistas da Galiza e os de Portugal – nascendo assim a AAAGP – Associação de Amizade e das Artes Galego Portuguesa.
Em Fevereiro de 2010, por uma questão burocrática, é fundada em Portugal uma associação precisamente com o mesmo nome: Associação da Amizade e das Artes Galego Portuguesa – com Sede no Paião, Figueira da Foz. Tinha inicialmente como objetivo principal promover a arte entre os artistas galegos e portugueses. Neste momento somos já uma associação internacionalizada, com duzentos e muitos sócios, não só dos países da Europa (como Rússia, Roménia, Holanda, França, Luxemburgo, Alemanha, Áustria e Espanha) mas, de vários países de todo o mundo, como Brasil, Argentina, Guiné, Angola, S. Tomé e Príncipe e USA. Em 2011 Lançámos o desafio do 1º Salão Internacional de Arte em pequeno formato, com inauguração no Centro de Artes e Espetáculos da Figueira da Foz. Houve uma aderência enorme de artistas plásticos de todo o mundo. Oitenta artistas plásticos de dezasseis países. Em 2012 a aderência foi ainda superior. Lançámos ainda o Prémio Mário Silva com a atribuição de um Prémio de 700€. Estamos em constante movimento artístico.
A sua presidente Conceição Ruivo, pretende que os artistas da Galiza e de Portugal sejam conhecidos nos dois lados da fronteira, enaltecendo a sua obra, trocando conhecimentos, ajudando assim a criar uma Europa Cultural. Mas Conceição Ruivo pretende ainda que a AAAGP – PT, seja conhecida internacionalmente e para isso zela a cada momento por angariar cada vez mais sócios e de lhes proporcionar bem  estar e sucesso, nesta que é já uma “família” unida por um elo comum: A Arte.

                                                                                                                       Conceição Ruivo                                                                                                                     
                                                        

Sem comentários:

Publicar um comentário